Esta antologia ímpar reúne contos de quinze autores de ficção de terror, todos eles com vozes e temáticas bastante distintas, todos eles promissores mensageiros desta categoria literária.

Foi com prazer que lhes estendi um convite e muito me agrada dizer que todos o aceitaram. Um obrigado, desde já, pela confiança.

Notou-se também, logo no início, que tínhamos algo especial em mãos. O talento e a qualidade literária juntaram-se ao enorme desejo de contribuir para a amplificação deste género em Portugal. Assim se formam
produções fora do comum.

Esperem, portanto, todo o tipo de criações fantásticas, do cómico ao macabro, do estranho ao sobrenatural. Fiquem para ler boas histórias e entrem no mundo que cada um dos autores teceu para vós.

A obra promete sangue novo. E é isso que entrega, em mais do que uma forma.

Pedro Lucas Martins – Editor

EM BREVE, NA AMAZON.

OS AUTORES

Cláudio André Redondo

Conto: Pestinhas

Apaixonado pelos livros desde os oito anos. Desde essa idade que sempre se aventurou pela escrita e foi acumulando histórias na gaveta, mas só recentemente começou a contar histórias de terror. É nesse género que encontra, actualmente, o maior prazer de escrever, sentindo por vezes que abriu uma porta para um lugar sombrio de onde figuras negras procuram sair. A gaveta abriu-se, resta saber o que de lá vem.

www.instagram.com/claudioandreredondo

https://twitter.com/ClaudioARedondo

 

Francisco Horta

Conto: A Tradição

Francisco Horta nasceu em Vila Franca de Xira, em 1987, e foi criado na Subserra. Sonâmbulo, acordou diversas vezes na pedreira, para lá da serra. Durante o caminho de volta a casa, ouvia sussurros que viriam a inspirar as histórias que escreve. Licenciou-se em Filosofia na Faculdade de Letras de Lisboa. Tem como principais influências Richard Matheson e Samanta Schweblin. Vive em Almada, com a mulher e a filha.

 

https://www.instagram.com/ofranciscohorta

 

 

José Maria Covas

Conto: Bom Trabalho

José Maria Covas nasceu a 26 de Setembro de 1998. Estudante da Universidade de Edimburgo em Medicina Regenerativa, sempre tentou compreender a realidade em seu redor e contribuir para a sua evolução. Os seus poemas, contos e guiões conjugam o mistério e o estranho da literatura e cinema com o ocultismo e surrealismo das suas viagens, criando, no processo, o seu próprio universo artístico, que eternamente explora a condição humana.

https://www.facebook.com/josemaria.covas

https://www.instagram.com/josemariacovas/

 

 

Liliana Duarte Pereira

Conto: O Manicómio das Mães

Liliana Duarte Pereira, nascida a 30 de Junho de 1986, é licenciada em Política Social através do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas. Sempre quis preparar os mortos para os seus funerais, mas não vingou. Tem fobia a pessoas falecidas e a portas entreabertas. Gosta de animais, de fazer doces, de rir de coisas mórbidas e de escrever.

liliana.duarte.pereira@gmail.com

 

Madalena Feliciano Santos

Conto: Sonhei com uma Linha Vermelha

Madalena Feliciano Santos nasceu a 1 de Dezembro de 2001, em Lisboa. Desde pequena que ler sempre foi uma grande parte da sua vida e, em 2019, depois de terminar o Secundário em Música, começou a interessar-se também pela escrita. Em 2020, não só concluiu cursos pela Escrever Escrever como também ingressou na Universidade de Lisboa, em Estudos Gerais. Esta é a sua primeira publicação, um conto que surgiu de um estranho sonho.

 

myshelfblog.blogspot.com/

instagram.com/myshelf.blog/

twitter.com/Mada32lena

 

Maria Varanda

Conto: Godigana

Diz-se que nasceu em Portugal em 1994, pelo menos nesta reencarnação. Quando a terceira visão está alinhada, brotam ideias na sua mente que a inquietam e tem de as transcrever para o papel para sossegar o espírito. Chamam-lhe imaginação, mas se calhar as ideias vêm de outro lado, e Maria serve apenas de meio de transmissão. Procura-se quem queira ouvir a mensagem.

instagram.com/mvaranda13/

 

 

 

Marta Nazaré

Conto: O Devorador de Sonhos

Marta Nazaré, nascida em Lisboa, a 5 de março de 1981, é formada em Letras e Tradução de Inglês. Dedica-se a tempo inteiro à tradução de livros infantojuvenis e à legendagem de filmes e séries.
Descobriu o terror em tenra idade na papelaria do bairro que vendia a coleção «Arrepios», de R. L. Stine. Ainda hoje, o terror infantojuvenil é o seu género preferido.
A antologia Sangue Novo marca a sua estreia como autora.

marticia@sapo.pt

www.goodreads.com/martanazare

 

 

 

Martina Mendes

Conto: Conta Comigo

Martina Mendes nasceu em 1994 e cresceu numa pequena vila do distrito de Leiria, em Ansião. Foi lá que estudou e que, para infelicidade dos seus professores, começou a criar as suas histórias, em vez de prestar atenção às aulas. Licenciou-se em Estudos Artísticos, na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde as suas histórias se foram desenvolvendo, sendo este o momento em que finalmente as poderemos ler.

ursawritingdiary.blogspot.com

 

 

Patrícia Sá

Conto: Amor

Patrícia Sá nasceu a 24 de junho de 1999. O seu interesse pela escrita, e em especial pelo fantástico, surgiu muito cedo, pois compreendeu que é através de brincadeiras da imaginação que o ser humano se conhece. É licenciada em Línguas, Literaturas e Culturas, colaborou no site de poesia e crítica Jogos Florais e, de momento, frequenta o Mestrado em Estudos Comparatistas na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

patricia.p.sa@sapo.pt

instagram.com/patriciasawrites/

 

 

 

Paulo A. M. Oliveira

Conto: Labirinto

Paulo A. M. Oliveira é um realizador, diretor de fotografia, fotógrafo e argumentista de obras, sobretudo, de fantasia, suspense e terror. Obteve licenciatura em Eng.ª Multimédia e tem um mestrado em Cinema e Televisão. Dois dos filmes que realizou (Calipso e HäuschenA Herança) foram premiados em festivais de suspense/terror nacionais e internacionais, tais como o UnrestrictedView Horror Film Festival (Reino Unido), o Shortcutz (Portugal), o 6ix Screams International Horror Film Festival (Canadá), o Top Indie Film Awards (Japão) e o MotelX (Portugal).

facebook.com/stormalex/

instagram.com/paulo_a._m._oliveira/

imdb.com/name/nm8230023/

 

 

 

 

Ricardo Alfaia

Conto: Tarde de Verão

Vitae

> Empregado de mesa
> cozinheiro
> condutor
> barman
> assistente de fotografia publicitária
> fotógrafo
> gerente de restauração
> designer gráfico
> web designer
> autor.

«O Homem planeia e Deus ri.»

www.ricardoalfaia.de

instagram.com/ricardoalfaia/

 

 

 

Sandra Amado

Conto: A Mais Bela Profissão

Sandra Amado nasceu em Lisboa, em 1972, e vive no Luxemburgo desde 2011. Iniciou-se na escrita criativa em francês e, mais tarde, durante o confinamento, inscreveu-se nos cursos de terror da Escrever Escrever e nunca mais largou a caneta. Licenciou-se em Sociologia, mas desde cedo que é apaixonada pelo fantástico e pela caracterização. Adora fazer festas temáticas, como o Halloween, e maquilhar os amigos. Escreveu um conto na antologia Sangue Novo, inspirada pelas ruas de Lisboa.

instagram.com/sandraamadoa

sandraamadoa@gmail.com

 

 

 

 

Sandra Henriques

Conto: Praga

Açoriana de gema, Sandra Henriques é fã de terror desde os 10 anos, quando o pai a deixou ver o Halloween, do John Carpenter, às escondidas da mãe. Como escritora, tem quase tantas encarnações como já teve a Laurie Strode no grande ecrã. Em 2021, a história da Albertina, uma zelosa encarregada de gatos e residentes de cemitério, trouxe-lhe o prémio europeu de flash fiction da EACWP.

shenriques.com

instagram.com/s__henriques

 

 

 

 

Susana Silva

Conto: O Palco Vazio

Susana Silva, também conhecida como Susie Saint-Claire, nasceu em Lisboa, mas foi Évora a cidade que a viu crescer. É oceanógrafa física, mas desde cedo que a escrita mora na sua gaveta. Para Susie, a escrita é uma forma de expressão sensorial, que usa para pintar imagens aprisionadas na sua mente. Mergulhar na sua prosa poética é descer a um mundo de escuridão, melancolia e tempo…

susana.mmfa.silva@gmail.com

facebook.com/Susie.Margarida.Silva

 

 

 

 

Vanessa Barroca dos Reis

Conto: Ritos

Vanessa Barroca dos Reis nasceu em Lisboa e cresceu na Amadora, entre uma multitude de livros, filmes e CD. Começou a escrever contos de terror e mistério na adolescência.
Licenciou-se em Direito. Mantém o blog Bué de Livros desde 2010.
Vive, desde 2015, na região da Alsácia.

vbarrocareis@gmail.com

https://a-minha-estante.blogspot.com